Carros Wiki
Advertisement

Tokyocircuit1.jpg

O Grand Prix de Tóquio (oficialmente conhecido como a Corrida Inaugural do Grand Prix Mundial) foi a primeira corrida do Grand Prix Mundial, que aconteceu em 2011 no Circuito Rural de Tóquio em Tóquio, Japão. O circuito é um circuito rural espetacular localizado em Tóquio. A corrida foi a única corrida do Grand Prix Mundial que aconteceu à noite. O circuito passa pela reta principal, passa em frente ao Palácio Imperial no parque (a pista de terra), passa pelas ruas de Tóquio, depois passa por um loop de 360° e depois pela Ponte do Arco-Íris, assim chamada porque emite luzes coloridas. Depois eles voltam para a reta principal.

A corrida foi vencida por Francesco Bernoulli na frente de Relâmpago McQueen e Carla Veloso.

Grid de Largada[]

Posição Nome Número País
1 Raul Ligerrô 06 França
2 Miguel Camino 5 Espanha
3 Max Schnell 4 Alemanha
4 Jeff Gorvette 24 Estados Unidos
5 Nigel Marcha 9 Inglaterra
6 Lewis Hamilton 2 Inglaterra e Granada
7 Rip Clutchgoneski 10 República da Nova Rearêndia
8 Shu Todoroki 7 Japão
9 Carla Veloso 8 Brasil
10 Relâmpago McQueen 95 Estados Unidos
11 Francesco Bernoulli 1 Itália

O Grid de Largada estava invertido, os corredores mais rápidos começavam no final do grid e os corredores mais lentos começavam na frente do grid.

Primeira Curva[]

Posição Nome Número País
1 Francesco Bernoulli 1 Itália
2 Relâmpago McQueen 95 Estados Unidos
3 Carla Veloso 8 Brasil
4 Shu Todoroki 7 Japão
5 Jeff Gorvette 24 Estados Unidos
6 Max Schnell 4 Alemanha
7 Raul Ligerrô 06 França
8 Lewis Hamilton 2 Inglaterra e Granada
9 Miguel Camino 5 Espanha
10 Nigel Marcha 9 Inglaterra
11 Rip Clutchgoneski 10 República da Nova Rearêndia

Corrida[]

Relatório da Corrida[]

Os corredores mais rápidos rapidamente assumem as primeiras colocações na primeira curva. Francesco Bernoulli estava na primeira posição, mas teve algumas dificuldades na pista de terra. No final da primeira volta, Miguel Camino (5º) teve o motor explodido e imediatamente voltou para os boxes. Durante o resto da corrida, McQueen e Bernoulli lutam pela primeira posição, McQueen tendo vantagem na pista de terra e Bernoulli nas retas. No meio da corrida, Rip Clutchgoneski (3º) teve seu motor explodido, mas Carla Veloso e Max Schnell quase bateram nele. Na última volta, na curva 26 (loop 360°), o chefe de equipe do McQueen (Mate) acidentalmente pede para McQueen ficar fora. Francesco aproveita isso e nas últimas 8 curvas, ele fica em primeiro. Igual aos outros dois competidores, Max Schnell (5º) também teve o seu motor explodido na última curva, e bateu em uma barreira de pneus com uma nuvem de fumaça. Na última reta, McQueen se-move para a direita e tenta ultrapassar Francesco, ele não consegue. Francesco Bernoulli cruza a linha de chegada em primeiro lugar com 106 milissegundos antes de McQueen. Atrás, Carla Veloso finaliza um pouco antes de Shu Todoroki. Lewis Hamilton chega sozinho com uma vantagem confortável no último pelotão composto por Nigel Marcha, Jeff Gorvette e Raul Ligerrô, que chega alguns segundos depois.

Classificação da Corrida[]

Posição Número Nome País Voltas Tempo/Retirada
1 1 Francesco Bernoulli Itália 52 48:26:870
2 95 Relâmpago McQueen Estados Unidos 52 48:26:976
3 8 Carla Veloso Brasil 52 48:28:126
4 7 Shu Todoroki Japão 52 48:28:335
5 2 Lewis Hamilton Inglaterra e Granada 52 ???
6 9 Nigel Marcha Inglaterra 52 ???
7 24 Jeff Gorvette Estados Unidos 52 ???
8 06 Raul Ligerrô França 52 ???
DNF 4 Max Schnell Alemanha 52 Motor Explodido
DNF 10 Rip Clutchgoneski República da Nova Rearêndia Motor Explodido
DNF 5 Miguel Camino Espanha 1 Motor Explodido

Pós-Corrida[]

No pódio, enquanto Darrell Cartrip estava entrevistando o vencedor da corrida, McQueen volta para os boxes. Depois de uma discussão com Mate, ele deu uma entrevista para explicar seu erro.

Após a retirada de três carros, isso levou alguns a sugerir que Allinol poderia ser a causa dos acidentes. Miles Eixoderroda deu uma entrevista dizendo que Allinol não causou o acidente desses carros.

Circuito[]

Layout[]

A reta de largada e chegada fica no meio de uma longa reta, medindo mais de 4 km. Depois de 7 curvas fechadas mesmo a 90°, eles chegam na curva fechada do Palácio Imperial, e passam na Ponte Nijubashi, e depois na pista de terra, que fica no distrito de Chiyoda. A saída desta pista é em uma longa reta dentro de um túnel. Em seguida, uma nova série de curvas técnicas, às vezes muito estreitas, e depois o loop de 360° que leva à Ponte do Arco-Íris. Em seguida, vem uma série de retas curtas separadas por curvas de 90°. Após a 33ª curva, eles chegam na longa reta. O circuito tem 34 curvas, 8 delas estão na pista de terra e 17 delas são consideradas como curvas técnicas. A pista é 33% terra e 67% asfalto.

Posição dos Boxes[]

Posição Número Corredor Chefe de Equipe Empilhadeira Principal
1 × × ×
2 2 Lewis Hamilton Bruce Boxmann Empilhadeira do Lewis Hamilton
3 4 Max Schnell Otto Bonn Empilhadeira do Max Schnell
4 10 Rip Clutchgoneski × Terrell Geartry
5 8 Carla Veloso Cruz Besouro Adam Parke
6 24 Jeff Gorvette John Lassetire Turbo Bullock
7 06 Raul Ligerrô Bruno Motoreau E. Manual Maniez
8 7 Shu Todoroki Mach Matsuo Empilhadeira do Shu Todoroki
9 1 Francesco Bernoulli Giuseppe Motorosi Alex Machino
10 95 Relâmpago McQueen Mate Guido
11 5 Miguel Camino Petro Cartalina Honk Cho
12 9 Nigel Marcha Austin Littleton Nick Pit-Tire

Curiosidades[]

  • O circuito foi inteiramente baseado nas estradas reais de Tóquio, mas elas nunca foram usadas para corridas.
  • Os corredores passam pelo Palácio Imperial e depois pela pista de terra, o que é impossível no percurso real.
  • Os nomes em japonês escritos nas paredes do circuito significam: ワールドグランプリ (Grand Prix Mundial) e アリノール (Allinol).


Advertisement